Organização e gestão de ativos digitais

Sua empresa tem um único repositório, no qual documentos, imagens, vídeos e arquivos digitais de outros formatos são guardados, organizados e facilmente localizáveis?

Se a resposta for não: você consegue imaginar a perda de tempo, dinheiro, qualidade e produtividade com a não localização de um conteúdo necessário na hora certa? Pior do que isso, já calculou o impacto de refação parcial ou integral do que já foi feito em algum momento?

A gestão centralizada e colaborativa de acervos de conteúdo digital, em múltiplos formatos, é a missão do RDP DAM (Digital Asset Manager), que permite:

rdp-dam-exemplo 1.png
  • Armazenar conteúdos sem qualquer limitação de espaço ou compatibilidade de formatos;

  • Catalogar conteúdos com base em diversos parâmetros e estruturas taxonômicas;

 

  • Definir fluxos de trabalho colaborativos, nos quais diferentes áreas / profissionais executam tarefas específicas, de acordo com suas respectivas atribuições. Por exemplo, em um fluxo de autoria de uma apresentação é possível definir quem é responsável pelo texto, quem responde pela arte, quem revisa e quem publica, além da ordem definida para estas tarefas serem executadas;

 

  • Varrer automaticamente conteúdos extensos, como documentos de centenas de páginas ou vídeos com horas de duração, por meio de mecanismos de inteligência artificial. O teor do arquivo ganha significação semântica, passível de retroalimentar contextos de busca em função de critérios de aderência e relevância. Ou seja, o RDP DAM é capaz de assistir seus vídeos e ler seus documentos para ajudar a localizar o que você procura quando precisar;

  • Compartilhar conteúdos para reprodução em outros ambientes, como sites, portais, redes sociais, etc;

 

  • Controlar direitos autorais / licenças de conteúdos de terceiros.